Notícias

Titulo Noticia

Salão de Detroit tem o olho no futuro e pé no chão

17.01.2018

Eletrificação, conectividade e direção autônoma. Esses são os pilares nos quais as montadoras apostam para sobreviver no futuro que bate à porta. Mas, embora essas três palavras tenham sido ditas repetidamente por executivos das marcas presentes no Salão de Detroit (EUA), cuja edição de 2018 abre as portas ao público no sábado, o que se vê nos estandes são produtos focados no agora, para vender já.

Picapes e utilitários-esportivos de vários tamanhos, além de carros de grande volume de vendas, feitos para o dia a dia, ditam o tom do evento. Para o Brasil, a principal atração não é de nenhuma norte-americana, mas da alemã Volkswagen: a nova geração do Jetta.

Agora feito sobre a plataforma MQB, a mesma do Golf, o sedã médio cresceu e recebeu atualizações no visual. O modelo destinado ao País será importado do México.

No Brasil

Também com passaporte carimbado para o Brasil está o X2. De olho no crescimento do mercado de utilitários compactos nos EUA, a BMW resolveu promover a estreia mundial do carro em Detroit. O Mini Cooper traz visual reestilizado e câmbio automatizado de dupla embreagem no lugar do automático. A estreia no País será no segundo semestre.

Das “donas da casa”, a única com destaque para o Brasil é a Jeep. O Cherokee e a nova geração do Wrangler, que traz um novo motor 2.0 turbodiesel de 268 cv, virão no segundo semestre. A nova Ram, por sua vez, ainda não foi confirmada para o País.

Compartilhe

2018 - Fortbras - Todos os direitos reservados Fortbras